MARTA CRUZ

Localização: Cais do Sodré
Convidada: Marta Cruz
Creative Urban Curator, o lugar que encontrei para o que gosto de fazer: a cidade!
Menina ou Moça?
Menina.


Em 140 caracteres, quem é a marta cruz?
Menina portuguesa com vícios de mulher do mundo!

P

Fala-nos dos teus projectos.
Vejo-me como uma mente criativa. Na prática vagueio entre diversas áreas: fotografia, ensaios escritos, arquitectura, urbanismo, design… mas na teoria o meu foco é apenas um: A CIDADE! Licenciei-me em urbanismo e rapidamente tive de procurar um lugar para mim nesta área.

Neste momento sou co-autora do projecto MOID.MY OWN IDEA que começou com o protótipo de um mapa em branco onde cada um marca o seu roteiro e neste momento está a ser trabalhado para voltar em 2015 com surpresas. Ao mesmo tempo aceitei o convite para ser sócia curadora n’A Pequena Galeria (Av. 24 de Julho – 4c) onde o gosto pela fotografia e pela descoberta de emergentes nesta mesma área me fascina e desafia.

Para além disto tenho escrito e fotografado alguns ensaios sobre cidades que pretendo transformar em algo concreto brevemente. A arquitectura e o urbanismo fazem parte da minha formação e não consigo evitar. De quando em vez, pedem-me ideias.

P

marta8

Qual a história profissional de que te orgulhas mais?
A que comecei no início de 2014. Dei o passo que fazia sentido há muito, arrisquei e desafiei-me a mim própria. Agarrei nas minhas ideias, projectos e lancei-me. Pelo meio surgiram novos desafios. Todos os dias penso que foi a melhor opção. Hoje tenho espaço para pensar, criar, sair à rua para fotografar, estou disponível para me aventurar e muito mais focada naquilo que realmente quero fazer… e mesmo assim o meu dia devia ter o dobro das horas. Ando sempre a mil, mas não me importo.

P

P

Três segredos sobre ti.      
Gostava de participar num reality show, sou viciada  (e obsessiva) em ter tudo arrumado, o primeiro concerto que vi foram os “Delfins”.

P

Um piropo a Lisboa.
Ai Lisboa, tantas curvas e eu sem travões!

Qual o roteiro para um dia perfeito na cidade?
Lisboa começa pela manhã. É uma cidade óptima para se passear numa manhã de primavera, parar para um café no quiosque do Príncipe Real, entrar pelo Bairro Alto e descer até ao Camões, a essa hora tudo ali é diferente. Depois comer um pastel de nata na “Manteigaria”, descer a Rua do Alecrim (uma das minhas vistas favoritas da cidade) e andar pelo Cais do Sodré. O Cais tem a particularidade de ter passar por diferentes estados ao longo do dia e todos eles fascinantes. Agora mais, com novos espaços de galerias a cafés, bares e restaurantes. Continua com um cheiro e essência de marinheiros e prostitutas revisitado. Almoçar numa tasca da zona e beber um copo de vinho ao fim da tarde no “Tati”. Percorrer a Rua de S. Paulo e visitar alguns espaços recentes imperdíveis como a “Plataforma Revólver”. Subir a Bica a pé e parar para ganhar folego em todas as portas. E espreitar. Jantar por ali e deixar a noite acontecer. Ir dançar ao Incógnito e ver o sol nascer na escadaria de S. Bento. E tentar fazer tudo isto a um dia de semana!

P

Um link que valha a pena fazer um clique.
http://boca-a-boca.net/, um projecto recente da Vera & Rita que é feito com o coração e vale a pena conhecer.

Um evento que mereça um ‘vou’.
Como não podia deixar de ser, hoje (29.01.15) na Pequena Galeria há a inauguração de “AU BORD DE LA LUMIÉRE” com fotografia de CARLOS GONÇALVES. Apareçam! E dia 30.01.15 “O ENTERRO DO GALO” de FINOK na Underdogs10!

P

marta6

Que pergunta faltou fazer?
Pergunta: Porquê Lisboa?
Resposta: Lisboa é uma cidade inspiradora. Tanto nos sufoca como atrai.

P

Apresenta uma outra Menina ou Moça de que Lisboa vai ouvir falar.
AMBAS AS DUAS” , Joana Tavares e Cristina Viana são duas mentes surpreendentemente criativas e invulgares que tive o enorme prazer de conhecer. Tudo o que fazem tem um toque especial.

marta7

Qual das fotos da sessão usarias como imagem de perfil?

P

Makeup Artist: Daniela Tavares.

Lisboa, Janeiro de 2015.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail