XANA ALVES

Localização: Madragoa
Convidada: Xana Alves
Apresentadora, pivô do programa “Inferno” no Canal Q e Produtora.
Menina ou Moça?
Moça.


xana_alves (1)

Se isto fosse o teu perfil numa rede social, qual era o ‘sobre’ da Xana Alves?
Uma vez pedi à minha amiga Ana Castanho (que é dona de um talento para a escrita que faz parecer tudo o que escrevo uma lista de supermercado!) para escrever a minha biografia. Entre outras coisas escreveu algo que me descreve na perfeição: “A Xana Alves é muita coisa. Essencialmente, por necessidade de comunicar desde que a Dona Adelaide a pôs ao mundo. Hoje é directora de produção. E também é pivô do Inferno do Canal Q. E continuará a ser cabeleireira, designer, produtora, cozinheira, mãe, ouvinte, apaixonada, agitada, fazedora.”
É muito isto: um combo meio frenético de facetas e gostos diversificados condensados em pouco mais de um metro e meio.

Processed with VSCO with c1 preset

O que andas actualmente a fazer por Lisboa?
Acabei de entrar num projecto novo sobre o qual não posso revelar muito desde já. Para já continuo no Canal Q aos comando do INFERNO às segundas e quintas, o que me dá um prazer imenso. Gostava de voltar a ter uma perna na rádio e é bem possível que surja um podcast entretanto. Tenho feito os possíveis para que nenhum ano seja igual ao anterior. Vamos ver…

Processed with VSCO with c1 preset

Processed with VSCO with c1 preset

Qual o projecto profissional de que te orgulhas mais?
Sou uma moça de projectos. Há sempre qualquer coisa a fervilhar nesta cabeça, há sempre um convite que surge das inúmeras pessoas que conheço. Eu própria decidi encarar-me como um projecto. Naquela onda do self improvement. A ver se me queixo menos e evoluo mais.
Orgulho-me do meu percurso como produtora. A publicidade obrigou-me a uma aprendizagem rápida e estimulante. É uma roda viva meio viciante mas nada aborrecida.
A Prova Oral e a Antena 3 serão sempre um primeiro amor. Agradecerei ao Alvim até ser velhinha a oportunidade e o voto de confiança que me deu. Acredito que é daqueles amores a reencontrar um dia…

Processed with VSCO with c1 preset

Um piropo a Lisboa (aqui ainda se pode).
Perco-me em ti.

Processed with VSCO with c1 preset

Um lugar especial da cidade com uma pequena história.
hmmm…tenho algumas memórias de momentos que me fizeram sentir cheia. Às vezes não é preciso que aconteça nada…é o momento do dia, a luz… não se sabe.
Tenho uma memória deliciosa do dia em que fiz 25 anos e fui dançar um dos meus DJ’s favoritos ao LUX. Ricardo Villalobos. Acabou o set de manhã com tango argentino e enquanto abriam as portas que ficam viradas para o rio tive aquela sensação de momento perfeito. Quando te sentes num filme sabes? Tudo bom. De resto sempre adorei essa zona junto a rio, a Estação de Santa Apolónia, as gruas e contentores e os seus vermelhos, amarelos e azuis. Bem sei que faz parte do projecto de embelezamento da zona ribeirinha, retira-los dali. Mas se há coisa que me agrada é a mistura dos tais sítios limpinhos e tão pensados, com a dureza industrial.

Processed with VSCO with c1 preset

Um roteiro para o dia perfeito na cidade?
Happy hour da imperial a 0,50€ e tremoço na Praça de S. Paulo. Continuar o jantar algures pela mesma zona ou no simpático restaurante Quatro Estações. Aproveitar e comprar uma raspadinha. Seguir para o Liverpool. Ao primeiro sinal de kizomba sair para o Sabotage. Ficar por lá só o tempo suficiente para ainda poder aproveitar o Incógnito. Depois de mil encontrões seguir para o LUX. Fumar um cigarro à beira-rio lá pelas 7 da manhã. Dormir. Levantar tarde mas a tempo do Brunch do Brick, nos Anjos. Dormitar entre mojitos no Outjazz do Martim Moniz. Jantar no Cova Funda. Siga para a Casa Independente. Espera. Já vou no segundo dia!
Bom…isto sem os meus filhotes. Um dia com eles é perfeito a preguiçar num piquenique na Estrela, carregados de skates, manta e comidinha. Acompanhados sempre dos nossos amigos do coração. Não vai dar para preguiçar até doer o esqueleto, mas brincamos muito e falamos pelos cotovelos.

Processed with VSCO with c1 preset

Um tasco, uma tasca, um boteco ou um botequim.
– Cova Funda no Intendente. Boa gente dos Arcos de Valdevez onde tenho família. Carne barrosã e polvo à lagareiro de babar.
– A espetada da Carvoaria.
– O bitoque do Albino em Campolide.

Processed with VSCO with c1 preset

Um evento ou um espectáculo imperdível.
– 12 de Abril, Fat Freddys Drop no Coliseu de Lisboa (embora o reggae não seja de todo a minha praia, existem lá outros ingredientes que os tornam irresistíveis).
– 16 de Abril, Prins Thomas no Lux. Dispensa apresentações.

Processed with VSCO with b5 preset

Processed with VSCO with b5 preset

Um sonho a realizar em 2016?
Que seja o ano do “LIFT OFF”!

Processed with VSCO with c1 preset

Um link que valha a pena fazer um clique.
facebook.com/mistakermaker – Um projecto fantástico. Vão lá ver.

Três segredos sobre ti.
Detesto que me mexam nos pés.
Ambiciono ser uma velha sem filtro, sem merdas! Ali no limiar entre a louca e a diva.
Acredito piamente que nasci para uma vida grandiosa.

Processed with VSCO with c1 preset

Apresenta uma outra Menina ou Moça de que Lisboa vai ouvir falar.
Só uma?! A Inês Lopes Gonçalves. A mulher é toda ela um va va voom! Ela é rádio! Ela é TV! Ela é o que quiser;
A Tamara Alves. Um doce, cheia de talento. Uma artista pura. Gosto muito que esta moça use a nossa cidade como sua tela;
A Gabriela Amado. É a Minha Mãe Que Faz é o resultado do talento da mãe da Gabriel com a sua energia para o comunicar. Peças muito originais, cheias de cor e de vida tal como ela;
A Vera Moutinho do Público. Enquanto pessoa é das minhas favoritas. Dizem que é a nova cena do jornalismo multimédia. Eu acho para lá de redutor resumi-la ao meio. É uma jornalista do caraças. Ponto!;
A Inês Mendes da Silva. Giraaa! Mix de gira+despachada+inteligente. Usa estas armas para fazer brilhar os outros. Há lá coisa mais fixe?

Quase a terminar, um clássico: que pergunta faltou fazer?
O que dizem os teus olhos?

Processed with VSCO with c1 preset

Qual das fotos da sessão usarias como imagem de perfil?

Processed with VSCO with c1 preset

 

Lisboa, Abril 2016.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail